sábado, 15 de novembro de 2008

ISLA DEL SOL - LAGO TITICACA (lado Boliviano)
























Visitamos a ILHA DO SOL saindo de barco da cidade de Copacabana. O passeio durou o dia todo e pudemos conhecer de perto a forma de vida tao simples das pessoas nativas.

Sao comunidades muito pobres, que vivem do plantio de batata e do turismo. Tudo se paga: banheiro, foto das crianças, entrada no povoado, museu ...

Os animais ficam soltos: muita ovelha, vaca, porco, burro, galinha ...

É tudo subida. Cansa demais. O que chega de abastecimento na ilha é carregado para cima no lombo dos burricos de poucas pessoas porque a maioria carrega nas costas mesmo.

Ah! Outro detalhe interessante que vimos foi o trabalho pesado sendo feito por mulheres: com pás descarregando terra, transportando pedras gigantes com as maos, etc ... E as criancas bem pequenininhas vendem artesania em todo canto.

Enquanto esperavamos o barco para ir embora juntou uma galerinha em volta da gente porque tiramos de detro da mochila uma maça. Aí eles queriam a maça mas resolvemos dar o chocolate "toblerone" que tínhamos. Nao durou! O tablete inteiro foi pouco! Imagine a briga por um pedacinho de doce! Interessante mas bem triste.

Ao redor do lago existem as montanhas mais altas da cordilheira, com picos sempre nevados. É lindo!

O "barquinho" típico que se vê na última foto é conhecido como "Cabalito de Totora". Totora é o nome da planta aquática que nasce no lago Titicaca e da qual eles constroem o barco inteirinho e muitas outras coisas, além de cobrir casas!

2 comentários:

Daniela Kodaira disse...

Ola, que bom ver que vcs estão tão bem! E que imagens lindas, so da pra ficar babando...e essas crianças...
Um beijo grande e continuem aproveitando, que estamos aqui curtindo com vcs!

Pedro disse...

Essa foto de vc com a mão na cintura e de boca aberta é reveladora! Me lembro de ter parado exatamente nesse ponto da caminhada com a língua no chão.
Mas você vai andando, vai andando quando for ver já passou 6 meses.
Bom saber que nossa experiência influenciou novos caminhadores.
Grande abraço e o boa viagem!